Somos amantes da teledramaturgia. Respeitamos a arte e a criação acima de tudo. Nosso profundo respeito a todos os profissionais que criam e fazem da televisão essa ferramenta grandiosa, poderosa, que desperta os mais variados sentimentos. Nossa crítica é nossa colaboração, nossa arma, nosso grito de liberdade.



ENTREVISTAS EXCLUSIVAS

Free DHTML scripts provided by Dynamic Drive

segunda-feira, 7 de novembro de 2011








 por Daniel Pepe




A recém encerrada O Astro presenteou o público com um rol de boas interpretações. Isso é bom para os atores, que acabam sendo chamados muito por causa das boas atuações, e para os telespectadores, que novamente têm a chance de conferir os trabalhos daqueles que se esforçaram. Marco Ricca, que defendeu muito bem o vilão Samir, já está cotado para a próxima novela das seis, de Elizabeth Jhin. Carolina Ferraz também já tem papel garantido na próxima das nove, Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro. Agora é torcer para que os outros talentos de O Astro sejam chamados, sobretudo aqueles que andavam bem bissextos nas novelas, como é o caso de Rosamaria Murtinho, que desenvolveu um trabalho sensível com a tia Magda.



Está de volta a partir de hoje, às 23h15 no Canal Viva, a minissérie Labirinto, exibida originalmente em 1998. É uma reestreia muito comemorada pelos fãs, pois o produto nunca chegou a ser lançado em DVD e teve apenas uma reprise editada no Canal Multishow. Como todas as novelas e minisséries reexibidas pelo Viva, espera-se que esta também seja apresentada na íntegra. Entre os destaques estão Malu Mader, que viveu a prostitua Paula Lee e Isabela Garcia, a Yoyô, uma perua fútil da alta sociedade.


Também na TV paga, no Canal Warner, haverá a estreia da nova temporada de Two and a Half Men na quarta às 20h. Mesmo para quem não acompanhou um episódio sequer, chamaram bastante a atenção os bastidores envolvendo seu protagonista Charlie Sheen, envolvido em problemas com álcool, drogas e violência doméstica, o que levou a Warner a demiti-lo. Apesar disso, sua atuação nunca ficou prejudicada, restando aos fãs apenas lamentarem por sua saída e conferirem como será a série sem o seu protagonista Charlie Harper, que será substituído por outro personagem, interpretado por Ashton Kutcher. A estreia nos Estados Unidos obteve grande audiência, perdida nos epsódios seguintes. Vamos ver como será por aqui com esta que talvez seja a sitcom de maior sucesso desde Friends. Abaixo, a nova abertura do seriado.

 


***

4 comentários:

Moratto disse...

Segunda mini a reprisar no Viva que nao foi lançada em dvd. Tá melhorando!

Daniel Freitas disse...

Que boa notícia a reprise de Labirinto! Adorei essa minissérie!

Emerson Felipe disse...

Se no quesito novelas o canal Viva segue na obviedade (grandes sucessos já reprisados), pelo menos nas minisséries tem ousado: assim como Labirinto, outras nunca reprisadas na TV aberta nem lançadas em DVD já pintaram, como Sex Appeal e a esquecida AEIO...Urca.
A estreia de Labirinto alcançou feito inédito: primeira minissérie a ser exibida no Viva que atinge os TT's do Twitter, tornando-se o segundo assunto mais comentado durante sua exibição.

Lucas Andrade disse...

Gosto muito da Carol Ferraz e também acho que ela é meio bissexta nas novelas. Ainda bem que volta logo! Merece estar em evidência!
Lucas - www.cascudeando.zip.net