Somos amantes da teledramaturgia. Respeitamos a arte e a criação acima de tudo. Nosso profundo respeito a todos os profissionais que criam e fazem da televisão essa ferramenta grandiosa, poderosa, que desperta os mais variados sentimentos. Nossa crítica é nossa colaboração, nossa arma, nosso grito de liberdade.



ENTREVISTAS EXCLUSIVAS

Free DHTML scripts provided by Dynamic Drive

quinta-feira, 25 de agosto de 2011


 











Nosso convidado da vez é o rio-pretense Fábio Dias, gerente administrativo de um restaurante em São Paulo especializado em culinária libanesa. Ele também comanda o recomendado O Cabide Fala, blog que aborda moda, cultura, lazer, entre outras coisas. Fábio está sempre atento aos números de audiência divulgados pelo Ibope, o que serviu de motivação para o texto que gentilmente nos concedeu. Fica aqui o nosso agradecimento também pela força que sempre dá ao blog!   


Mordeu, Assoprou e passou o Ti-Ti-Ti 
por Fábio Dias R.



Há quem diga que quando uma novela estreia após um fracasso, ela demora um pouco a subir. Mas eu sou da opinião que suceder um fenômeno como foi Ti-Ti-Ti às vezes é muito mais difícil. Morde & Assopra sofreu certa rejeição antes mesmo da estreia. Desde quando foi anunciado o nome provisório “Dinossauros e Robôs”, a trama virou motivo de piada e até chamada de “Mutantes da Globo”.


Mordeu

Após um primeiro capítulo interessante, com direito a terremoto no Japão, elogiado por muitos e com uma alta audiência (33 pontos), a novela desabou no ibope. Os índices chegaram a 24 pontos semanais. Muitos foram os problemas, tramas desnecessárias, a rejeição à robô Naomi, aos sonhos da protagonista com dinossauros,  ao sotaque exagerado dos núcleos caipira e japonês,  a tramas e personagens repetidas. O sinal vermelho foi acionado!


Assoprou

O experiente autor Walcyr Carrasco alterou o tom da novela, interferiu na edição, acelerou algumas tramas, esfriou outras, a robô foi desligada e a verdadeira Naomi voltou. Fez de Cássia Kis Magro a protagonista da novela e de Adriana Esteves sua melhor amiga. O núcleo de Dulce tornou-se o maior destaque da novela. A proposta inicial de comédia virou um dramalhão. Vale destacar também a entrada de Áureo, personagem muito bem defendido por André Gonçalves. 



Passou Ti-Ti-Ti

Após tantas mudanças na trama, a novela é um sucesso de audiência inegável. Até o capítulo 130 soma uma média de 29 pontos, superando Ti-Ti-Ti, que no mesmo período teve 28,8. Pode parecer pouco, mas para uma novela que teve um começo pífio, essa diferença representa uma grande virada. Porém, a trama não é um sucesso de crítica, é mal vista pela maioria dos “telemaníacos” de plantão. Eu não a vejo assiduamente, não sou um fã da novela, mas as cenas de Dulce emocionam e conheço muitas pessoas que amam a novela e não perdem um capítulo.  E por que hoje ela atinge toda essa audiência? Acredito que o texto de Walcyr seja mais popular, todo esse drama apela, e prende mais a atenção do telespectador do que a antecessora. Ti-Ti-Ti era muito mais sofisticada.  Li alguns comentários, em posts anteriores, que Ti-Ti-Ti em certas cenas parecia mais um quadro do Zorra Total. E concordo! Quero deixar claro que esse post é apenas um comparativo de audiência e superação, Ti-Ti-Ti foi uma novela maravilhosa. Considerada a melhor novela  de 2010 pela maioria, inclusive por mim.


Nos gráficos acima podemos verificar os baixos números de Morde & Assopra em seu início e sua volta por cima. Ti-Ti-Ti sempre manteve uma audiência linear sem grandes alterações, não sofreu com baixos índices, mas, também não teve uma audiência alta, como a atual vem obtendo em seus últimos meses.


E pra vocês? Como se explica o sucesso de Morde & Assopra mesmo sendo massacrada pela mídia?

25 comentários:

Brunno Duprat disse...

É uma questão bem simples. Não existe no Brasil críticos de novela. Existem pessoas frustradas e desafetos dos autores. A maior parte dos que se dizem "críticos" detonam as obras de Gloria Perez, mas ela é e sempre será sucesso. Seja no ibope seja na repercussão. Cai na graça do povo C, D e E que é quem realmente gosta de novela. Novela é fantasia. Realidade a gente vê no jornal. Morde Assopra se envontrou e é gostosa de se ver vai deixar saudades, coisa que Insensato Coração não deixou!!!

Emerson Felipe disse...

Execelente a estrutura textual de sua análise Fábio!
Acho uma pena uma novela de qualidade um tanto duvidosa como Morde e Assopra causar mais clamor do público no quesito audiência do que a inteligentemente irreverente Ti Ti Ti.

Zac disse...

Números de audiência, sempre tiveram o poder de mudar muitas tramas e Morde foi mais uma! Concordo com o texto. Walcyr pode ser repetitivo mas sabe alcançar como ninguém o grande público!

Thiago Ribeiro disse...

Muito bom seu texto Fábio. Morde e Assopra realmente pegou o público de jeito. Não consigo detectar por quê desse sucesso todo. e devo atribuir ao drama substituindo a comédia pastelão. Excelente post.

Nilson Xavier disse...

Trama simples em que o autor carrega no melodrama para atingir um público pouco exigente.

Sim, Ti Ti Ti era mais sofisticada.

Só faltou vc alertar em sua análise que Ti Ti Ti passou no verão, época em que a audiência cai substancialmente. Uma novela no inverno sempre terá mais audiência.

Por isso só, já acho que não caberia tal comparação.

Mas reconheço que tirar a novela do buraco não é para qualquer um. E Carrasco sabe como fazer, apesar de todos os seus vícios de roteiro.
Sabe como atingir o "grande público", ou seja, o menos exigente!

Fernanda disse...

Eu adoro Morde e Assopra, assim como todos em casa. Ela realmente nos chamou mais atenção do que Ti-ti-ti, talvez por tudo que foi citado no texto.
Muito boa sua análise.

O Planeta TV! disse...

novela ruim essa morde e aflopa. não gosto e me recuso a falar sobre. Vim só prestigiar meu amigo Fábio. Boa sorte e sucesso!

Daniel disse...

Parabéns pelo texto, Fábio! Para mim, um dos motivos para o sucesso de Morde & Assopra é o excelente ator Mateus Solano como um dos personagens principais. O cara arrasa!

Willian Bressan disse...

É o que o Sílvio de Abreu diz várias vezes: fazer rir é muito mais difícil, apelar pro drama é mais fácil (e dá mais resultado!)
'TiTiti' era uma trama sofisticada, com diálogos inteligentes, não atingia ao grande público, era um humor muito específico, já 'Morde e assopra' é tudo fácil. Você pode não gostar, mas vai sentar em frente à Tv e rir com os clichês e chavões baratos do Walcyr.

Rodrigo disse...

O sucesso da novela é perfeitamente compreensível. A grande fatia da audiência de "Morde & Assopra" se concentra no público mais afeito a textos mais simplórios, os quais não exigem nenhuma base de conhecimento geral como pré-requisito para se entender os diálogos ditos pelos personagens.

Basta ver, por exemplo, o nível dos diálogos da personagem Alice, uma moça de que de cada 10 palavras pronunciadas, 8 são para dizer apenas "vira-lata". Como se nota nesta pequena amostra, o texto é uma pobreza, de fácil assimilação.

Em "Insensato Coração", vários foram os momentos em que o texto se sofisticou de tal maneira que grande parcela dos telespectadores não compreendeu. Quando a personagem da Natália do Valle conversava sobre "New York" com o filho, a nora e a sogra dele num restaurante, ela citou o Daniel Boulud, um famoso chef de cozinha francês que é dono de um dos restaurantes mais caros do mundo. Mas grande parte da população brasileira não sabe nem de quem se trata, então isso passa batido.

A atual novela das 21h, "Fina Estampa", passa pelo mesmo processo de conquista de telespectadores menos exigentes de "Morde & Assopra". Obviamente, Aguinaldo Silva não baixa tanto o nível de seu texto quanto o Walcyr Carrasco, mas ele é um autor que se preocupa demais em ser o "campeão de audiência" e isso estraga muitas vezes a qualidade de seus trabalhos.

Infelizmente, as novelas da Globo explodem na audiência inversamente proporcional ao nível de exigência do público. Essa é a realidade atual.

Telinha VIP disse...

O Walcyr mostrou que pode mudar uma novela e consegue fazer a audiência subir, ainda que com as repetições dele. Bom pra emissora, ruim pros noveleiros mais exigentes.

Isaac Abda disse...

Morde e Assopra já pode ser considerada um sucesso de audiência, embora não se afirme o mesmo com relação as críticas, vide os comentários deste post.

Parabéns pelo post, Fábio e um abraço aos meninos do Agora!

Abração!

NMendonça disse...

Sou apaixonada por Morde e Assopra, no começo não me agradou também, mas foi me conquistando e eu vejo tudo pela internet, porque no horário da novela estou em aula.
Ti ti ti foi fantástica também, e substitui-la.

Quanto às criticas, puff, se houvessem críticos de verdade nesse país a gente já seria muito mais desenvolvido!

Beijos!

Júnior Bueno disse...

Eu não consigo gostar de Morde e assopra, digam o que quiserem,éuma novela rasa onde os piores maneirismos do Walcir (dálogos repetitivos,caricatura,pastelão mal feito) chegam aolimite doinsuportável. Mas veja bem eu conheço uma porção de gente que só vê a novela por causa do soldado Mazzaropi, tem que só goste da Cássia Kiss, quem só goste da biba saltitante do André Gonçalves. A novela que vai ao ar hoje nãoé a mesma das chamadas de estréia.

E. S. disse...

Não acredito que um gráfico é suficiente para que as pessoas esqueçam o sucesso incontestável de Tititi. Era comentada por todos, o último capítulo gerou um frisson poucas vezes visto para sabermos o desfecho da trama amorosa de Marcela. Tititi lançou moda, gerou ídolos teen, consagrou os atores envolvidos e deixou MUITA saudade.

Já Morde e Assopra tem um texto fraco, argumentos débeis, histórias sem sentido, núcleos desconexos, e muitos clichês. Além de a trama flutuar ao sabor dos números do Ibope, a ponto de ter se tornado uma novela sobre robôs e dinossauros onde não aparecem robôs nem dinossauros. Não há uma unidade narrativa, não há sutileza, não há um estilo definido, tudo o que Tititi tinha de sobra.

Glauce Viviana disse...

Excelente texto! Gostei da comparação. Apesar de não ter acompanhado TITITI e de não estar acompanhando MORDE E ASSOPRA, acho que TITITI é bem melhor, mas reconheço que morde e assopra já caiu no gosto do público.

Denise Fernandes disse...

Não concordo que André Gonçalves esteja "defendendo seu persaonagem muito bem". Acho ele a caricatura das caricaturas. Simplesmente insuportável, assim com o Rosa Chiclé de "Caras e Bocas".

Juliano disse...

Ótimo texto de Fábio Dias, espero que continue contribuindo pro blog. Sobre a novela Morde e Assopra, pra mim, o que salvou a novela foram os textos simples e a atuação de Cássia Kiss... Oscar pra ela, R$R$R$R$

Rodrigo disse...

O que muitos não entendem é que o personagem do André Gonçalves é uma caricatura. Logo, a interpretação do ator está de acordo com o papel que lhe deram. Ele está fazendo muito bem porque o estilo da novela é esse, fazer o quê? Assim como Elizabeth Savalla faz uma perua muito caricata porque o texto exige isso dela.
O sargento Xavier é outro exemplo.
É o Walcyr que adora personagens bem caricatos mesmo.

André San disse...

Creio que o sucesso de Morde & Assopra tem a ver com a máxima "dê ao povo o que o povo quer". Walcyr soube entender quais os pontos positivos e negativos de sua novela, e soube adequá-la ao gosto de sua audiência. Eu, particularmente, acho a novela muito ruim. A maneira como a virada na trama foi feita eu achei extremamente inconsistente, cheia de furos e despropósitos. Mas o espectador, no geral, gostou, então... creio ser uma questão de gosto mesmo. Sou da opinião que Walcyr Carrasco é talentoso demais para assinar tramas tão tolas quanto as vistas em suas novelas das sete. Não acho que Morde & Assopra vai virar um clássico depois que terminar, assim como Caras & Bocas não se tornou e Sete Pecados muito menos, pois era péssima! Já às seis, ele emplacou vários novos clássicos, como O Cravo e Rosa, Chocolate com Pimenta e Alma Gêmea. Assim, creio que Walcyr devia voltar ao horário das seis, ou até ser promovido ao horário nobre. Walcyr deu um final digno à Esperança e escreveu Xica da Silva, uma novela ousada e maravilhosa na Manchete. Às sete, ele fica refém da mesma fórmula e se repete demais! Ele precisa da liberdade que se tem na faixa da seis e das nove, que permite mais dramas ousados ao invés deste humor infantiloide que ele imprime às sete.
André San - www.tele-visao.zip.net

Fernando disse...

Nossa adorei esse trecho do comentário do Brunno Duprat: "Não existe no Brasil críticos de novela. Existem pessoas frustradas e desafetos dos autores." UMA GRANDE VERDADE! Porque as pessoas estão metendo o pau em Fina Estampa? Por causa da arrogância do Aguinaldo Silva. Porque não gostaram de Lara com Z? Por causa de Susana Vieira. AGORA, UMA COISA É FATO, NÃO ACREDITO NEM UM POUCO QUE Morde e Assopra ESTÁ BEM DE IBOPE. Novela ruim. Ruim mesmo. @Fernand_Oliveira

Daniel Pepe disse...

Fernando, a novela ser ruim ou boa realmente é uma questão de opinião. Mas estar bem de audiência, é o que Ibope tem revelado.

Eddy Fernandes disse...

Nisso a gente tem que dar o braço a torcer. O Walcyr é safo no que faz.

Parabéns, Fábio. Ótimo texto.

Fernando disse...

Existe uma fonte de pesquisa para que nós, leitores do blog e telespectadores possamos acessar para realmente sabermos se morde e assopra está mesmo dando tudo isso aí? Quero saber onde é publicado ou como é feito o acesso a essas informações.

FABIO DIAS disse...

Fernando,
Existe sim, a Patricia Kogut do Jornal O Globo http://oglobo.globo.com/cultura/kogut/ publica diariamente os índices de audiência das novelas. Eu super ligado nisso, montei planilhas e vou lançando esses números. No meu blog publiquei de todas as novelas recentemente, http://www.ocabidefala.com/2011/09/novelas-ibope-audiencias-e-media-geral.html

Que graça tem guardar todas essas informações apenas comigo, resolvi compartilhar.

Abraço